Logo Assobrav

Trump pode virar as costas para o setor de etanol e preocupa indústria

Data 31/12/2016

Por:  Repórter




Ao contrário do que pregou durante toda a campanha, Donald Trump não deve dar a atenção prometida ao setor produtor de etanol nos Estados Unidos. Em declarações recentes, membros da assessoria econômica do presidente não pouparam críticas à política de biocombustíveis e a julgaram como pouco relevante. “É um fossa negra de negociações”, disse o bilionário Carl Icahn.

Icahn, vale lembrar, é acionista majoritário de uma companhia de petróleo e apoiador da escolha do nome de Scott Pruitt para liderar a EPA Agência de Proteção Ambiental. Pruitt é temido pela indústria do etanol e, depois do anúncio do seu nome para chefiar órgão, o RIN moeda usada no comércio do combustível só desvalorizou.

Diferentemente do Brasil, que produz o etanol a partir da cana-de-açúcar, os Estados Unidos extraem o combustível principalmente a partir do milho. E foi em Iowa, maior produtor do grão no país, que Trump fez inflamados discursos defendendo a indústria local e ao mesmo tempo condenando seu então opositor, Ted Cruz, de ser financiado pela indústria do petróleo.

As divergências entre o Trump candidato e o Trump presidente não cansam de aparecer.

Fotos: divulgação


Fonte: UOL Carros / Carplace

Esta notícia foi marcada em Mercado Automotivo


Veja também as últimas notícias

Compartilhe

Assobrav - Associação Brasileira de Distribuidores Volkswagen - Copyright © 2012 - Todos os direitos reservados
Av. José Maria Whitaker n° 603 - Mirandópolis - São Paulo - SP - CEP: 04057.900 - Fone: (11) - 5078.5400