Logo Assobrav

Em baixa, Citroën C5 não deve ter substituto direto

Data 28/12/2013

Sedã grande da Citroën pode selar destino também do Peugeot 508

Pouco demandado na Europa, assim como no Brasil, o Citroën C5 tem futuro incerto. O segmento como um todo tem perdido espaço, principalmente devido ao sucesso das marcas premium nesta faixa de mercado, o que tem feito algumas empresas reverem sua presença na categoria. A marca dos chevrons, por exemplo, já admitiu “ser pouco lógico” desenvolver um sucessor para seu sedã.

Em entrevista à revista inglesa AutoExpress, o diretor da Citroën, Frédéric Banzet, afirmou que a redução na demanda do segmento coloca em xeque a existência do C5. Ele aponta que a categoria sofrerá uma retração ainda mais nos próximos meses. No entanto, não quer deixar seu cliente sem opção. “Temos que cuidar de quem comprou um C5, dando-lhe opção para trocar de carro”, afirmou. Ao que tudo indica, a empresa deverá oferecer um produto da família premium DS, como o DS5 LS, exibido nos últimos dias na China.

O que não se sabe ainda é como ficará o Peugeot 508, irmão de plataforma do C5. Anteriormente, seu sucessor surgiria do acordo entre PSA e General Motors, mas a aproximação dos franceses com os asiáticos da DongFeng afugentou os americanos e suas submarcas, como a Opel.

Texto: Matheus Q. Pera


Fonte: Auto Direto


Veja também as últimas notícias

Compartilhe

Assobrav - Associação Brasileira de Distribuidores Volkswagen - Copyright © 2012 - Todos os direitos reservados
Av. José Maria Whitaker n° 603 - Mirandópolis - São Paulo - SP - CEP: 04057.900 - Fone: (11) - 5078.5400